Salar de Uyuni: o que fazer, quando ir e valores!

235 Views 2 Comments
Salar de Uyuni

Salar de Uyuni: o que fazer, quando ir e valores!

Finalmente conheci o famoso Salar de Uyuni! Uma das viagens mais lindas e especiais que fiz nos últimos tempos! Que lugar maravilhoso. Nesse post você encontrará as principais dicas do Salar de Uyuni com o que fazer, quando ir e valores dos passeios.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni – espelhado

Para ver fotos e dicas dessa viagem e de outras aventuras, acompanhe o Hora na Estrada no Instagram!!! 😉

A primeira dica valiosa é escolher bem a empresa que irá te levar pra esse passeio, pois uma escolha errada poderá comprometer totalmente sua experiência! Eu deixei salvo nos destaques do Instagram (Hora na Estrada) toda a minha viagem para quem quiser acompanhar!

Eu escolhi a empresa World White Travel para fazer esse passeio e só tenho elogios e no decorrer do post irei detalhá-los.

Como surgiu o Salar de Uyuni e onde fica?

O Salar de Uyuni é o maior e mais alto deserto de sal do mundo! Com aproximadamente 12 mil quilômetros quadrados está a 3.650 metros de altitude. Esta localizado no sudoeste da Bolívia.

Curiosidade: o Salar é o único ponto natural brilhante que pode ser visto do espaço! Ele serviu de guia para os astronautas do Apollo. (Fonte: wikipedia)

Salar de Uyuni - Fevereiro

O Salar foi formado pela evaporação de lagos, cada ano a camada de sal aumente. Há quem diga que hoje a espessura do Salar é de 120 metros!

Com chegar no Salar de Uyuni?

Existem algumas maneiras de se chegar no Salar de Uyuni. Você pode sair ou do Chile (San Pedro de Atacama) ou sair da Bolívia (Uyuni).

Opções de passeios:

  • 4 dias e 3 noites, nesse caso sai e retorna para o mesmo país de origem. (Chile ou Bolívia)
  • 3 dias e 2 noites, sai de uma país e finaliza no outro.

Eu optei por sair de San Pedro do Atacama – Chile, fiz 4 dias e 3 noites retornando para San Pedro.

Valores: 235 dólares por pessoa

Salar de Uyuni - World White Travel

Salar de Uyuni – World White Travel

=> Eu fiz esse passeio com a World White Travel, nesse valor já está incluso:

  • O transporte ( ida e volta no hostel em San Pedro de Atacama)
  • Guia e Motorista
  • Carro 4×4
  • Café da manhã, almoço e jantar ( para todos os dias, no último dia está incluso apenas o café da manhã pois o passeio finaliza cedo)
  • Acomodações em quarto compartilhado durante as 3 noites

Dica: a World White Travel busca e te deixa no seu hotel em San Pedro ou em outro lugar de sua preferência.

Ela tem um escritório em San Pedro de Atacama, na rua Caracoles e outro no Uyuni!

Para atravessar a fronteira: necessário documentos, carteira de identidade (para Mercosul) ou passaporte.

Qual a melhor época para visitar o Salar de Uyuni?

Existem basicamente 2 períodos diferentes para se visitar o Salar, na época que ele está espelhado e na seca.

Salar espelhado: janeiro, fevereiro e março.

Em dezembro começa o período de chuvas, dessa forma, depende do ano ao final do mês já pode ter partes alagadas. De igual modo, em Abril, ainda é possível ter partes do Salar alagado.

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni – dia amanhecendo

Temperatura: meses mais quentes (dez, jan, fev e mar) variam em torno de 5 e 6 graus, já as máximas chegam perto de 20 e 21 graus.

Salar seco: demais meses. Bom para tirar aquelas fotos em perspectiva.

De maio a outubro as temperaturas pode chegar a -12 graus, então leve roupas adequadas, mas lembrando que durante o dia as temperaturas sobem.

Eu fui com o salar espelhado (meio de fevereiro)olha que lindeza essas fotos!

 

O que levar para o Salar de Uyuni?

Durante esse passeio ficamos muito tempo no carro, dessa forma o ideal é levar roupas confortáveis. Como bem cedinho e a noite o frio é intenso, o ideal é se vestir em camadas. Com uma blusa leve por baixo e um casaco pesado por fora.

O ideal é ir com mochila para facilitar a locomoção durante as paradas!

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni – Bolívia

Dica: leve uma mochila pequena (de ataque) para deixar com você dentro do carro com seus lanches, água, filtro solar e papel higiênico.

Minha lista de itens necessários para essa viagem:

  • Filtro solar
  • biquíni
  • hidratante corporal, soro para o nariz e colírio;
  • papel higiênico;
  • lenço umedecido;
  • toalha de banho;
  • 2 litros de água por dia (é possível comprar em algumas paradas)
  • 1 garrafa de vinho por noite;
  • lanchinhos fechados (castanhas, frutas secas e barrinhas de proteína)
  • Mochila de ataque
  • Carregador portátil
  • remédio para dor de cabeça e enjoo (essa viagem chega a 4 mil de altura, importante já estar um pouco ambientado com a altitude)

Lembrando que no meu caso, saí do Chile (atravessei a fronteira), dessa forma, é proibido levar comidas abertas e frutas.

Alguns abrigos restringem o uso de energia por dia, por isso o ideal é levar carregador portátil para garantir que tenha bateria para tirar todas a mil e uma fotos que queira! Outra informação importante, durante quase toda a viagem não haverá sinal de internet, por isso, já avise logo seus amigos e familiares que a viagem irá começar para ninguém ficar preocupado!

=> Já fiz um post sobre: 10 dicas de segurança para quem viaja sozinho

Quanto de dinheiro devo levar?

As agências sugerem que os turistas levem 350 Bolivianos. Eu levei isso e retornei com 40, sendo que gastei com souvenirs, cervejas especiais pelo caminho, banho no último dia.

Acho que com 300 bolivianos (equivalente a 45 dólares) é uma quantia boa se fazer essa viagem!

Em Fevereiro de 2020 1 dólar estava em torno de 6,7 bolivianos.

Programação – Salar 4 dias e 3 noites saindo e retornando a San Pedro de Atacama

1º dia – Transfer busca no hotel de 6 as 7h da manhã. Nesse dia o café já é feito na fronteira.

O dia é cheio de atrações legais e a 1º delas são as Termas.

Salar de Uyuni - Termas

Salar de Uyuni – Termas

 

Salar de Uyuni - Deserto de Salvador Dalí

Salar de Uyuni – Deserto de Salvador Dalí

 

2º Dia – Nesse dia combinamos de sair as 7h. O café foi uma delícia tinha até ovos mexidos ( que eu amo!)

Principais atrações:

Salar de Uyuni - Laguna Colorada

Salar de Uyuni – Laguna Colorada

Salar de Uyuni - deserto

Salar de Uyuni – deserto (árvore de pedra)

 

Salar de Uyuni

Salar de Uyuni

Salar Uyuni - 3º dia

Salar Uyuni – 3º dia

Dormimos num hotel de sal, olhe que legal.

Salar de Uyuni - hotel de sal

Salar de Uyuni – hotel de sal

3º Dia – nesse dia acordamos bem cedinho e saímos as 5h para pegar o sol nascendo no Salar. Foi um momento mágico! Eu simplesmente pirei nesse lugar.

Olhem as fotos que coisa mais linda.

Salar de Uyuni - espelhado

Salar de Uyuni – espelhado

 

Salar de Uyuni- espelhado

Salar de Uyuni- espelhado

 

Salar de Uyuni - Cemitério de Trensr de Uyuni - Cemitério de Trens

Salar de Uyuni – Cemitério de Trens

Aqui ainda possui um hotel de sal desativado, que hoje funciona como um museu, um memorial com bandeiras de vários países e um monumento em homenagem a prova do Rally DaKar de 2014 que passou pelo Salar.

 

QUE LUGAR MÁGICO!!!

Quero muito voltar para esse paraíso.

Depois ainda passamos pelo cemitério de trens e cidade de Uyuni.

4º Dia – nesse dia praticamente madrugamos, acordamos as 4 da madruga e fomos direto para a fronteira. Vimos o sol nascendo do caminho e o café da manhã já foi na fronteira juntamente com o novo grupo que foi iniciar a aventura!

 

Guia, Motorista e Fotógrafo: Daniel Bautista

Se você escolher essa empresa pode pedir pra ir com o Dani de motorista e será sua melhor escolha! Ele além de super paciente fotografou e produziu a maioria das minha fotos dessa viagem! Super indico!

Salar de Uyuni - Daniel Bautista

Salar de Uyuni – Daniel Bautista

Dica Extra – aclimatação prévia

Saindo de San Pedro de Atacama, na fronteira de Hito Cajon a altura já está bem elevada, próxima aos 3.500 metros.

Durante esse passeio a altura chega a 4.800 metros por isso é interessante já estar aclimatado antes de iniciar essa aventura.

Segurança

Fui sozinha para essa viagem e foi tudo tranquilo, não senti que estava em perigo nenhum momento.

Durante a viagem do Salar não conhecia ninguém e no final já havíamos formado uma verdadeira família.

Fiz Atacama + Salar seguindo essa programação.

Cronograma da viagem Atacama + Salar:

  • 16 a 20 fev em San Pedro
  • 21 a 24 fev Salar de Uyuni
  • dia 25 fev retornando para o Brasil!

 

Essas foram as principais dicas dessa viagem incrível. Se programe e se jogue!

Vai amar demais.

Qualquer dúvida só deixar aqui nos comentários.


O Hora na Estrada faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros abaixo, ganho uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter. 😉


HospedagemAluguel de CarrosSeguro Viagem |Internet Ilimitada

2 Comments
  • Luis Aragao

    Responder

    Parabéns, Raquel!!!

    • Raquel Hora

      Obrigada Luis! 😉

Leave a Comment