Guia básico para quem deseja visitar Moçambique

5173 Views 2 Comments

Guia básico para visitar Moçambique

mulher na praia de tofinho
Praia de Tofinho – Moçambique

Se liga nesse guia básico para quem deseja visitar Moçambique, aqui você encontrará as principais informações para não passar perrengue na sua viagem.

Para ver mais fotos dessa viagem e de outras aventuras, acompanhe o Hora na Estrada no Instagram!!! 😉

Guia básico para visitar Moçambique – visto para entrar em Moçambique?

Turistas brasileiros precisam de visto para entrar em Moçambique, com exceção daqueles que possuem passaporte diplomático, de serviço e oficial. Esse visto pode ser obtido com antecedência na Embaixada de Moçambique, em Brasília, ou no aeroporto de Maputo/posto fronteiriço, no momento da chegada.

Solicitação de visto pela Embaixada de Moçambique

Para saber como adquirir esse visto , é só clicar neste link da Embaixada em Brasília.

O visto tem duração de 1 mês e custa R$ 300,00. Uma vez solicitado e os documentos entregues juntamento com o comprovante de pagamento da taxa o visto chega em 10 dias úteis. (valores em Janeiro de 2019)

mapa de Johanesburgo para maputo
Joanesburgo (África do Sul) para Maputo (Moçambique)

Meu voo saiu de São Paulo para Joanesburgo – África do Sul, são apenas 9 horas de voo e existem várias promoções ao longo do ano. Para Moçambique eu fui de ônibus, comprei essa passagem lá mesmo na rodoviária de Joanesburgo chamada Park City. A empresa é a Intercape, o trajeto durou cerca de 8 horas e custou

Solicitação do visto no aeroporto de Maputo

a maneira mais fácil de obter o documento é na chegada ao país, o chamado visto on arrival. Ao desembarcar em Maputo, você precisa
apresentar os seguintes documentos:

  • Passaporte com pelo menos 6 meses de validade e 2 páginas livres;
  • formulários de entrada devidamente preenchido;
  • comprovante de voo de volta;
  • comprovante de hospedagem;
  • 2 fotos recentes 3×4;
  • certificado internacional de vacinação da febre amarela.

Valor do visto para entrada de acordo com o site.

  • 66 Dólares americanos;
  • 50 Euros ou;
  • 477 rands ou;
  • 2085 Meticais.

Esse valores estão no site dos aeroportos do país na seguinte página Aeroportos de Moçambique, porém quando passei pela fronteira (eu já estava com visto) mas perguntei o valor e me informaram que era 3.500 meticais. Durante minha viagem conheci uma brasileira que estava vindo do Zimbábue de ônibus e pagou 50 dólares pelo visto na fronteira.

Entrada por terra com carro alugado

Vale lembrar, que, para entrar em Moçambique com um carro alugado na África do Sul, é necessário adquirir uma carta emitida pela locadora.

No momento em que for buscar o seu carro na África do Sul, mencione que deseja ir a Moçambique e peça a carta, lembrando que algumas locadoras cobram pela emissão desse documento. Ao chegar no posto fronteiriço, você terá que fazer um seguro para o carro e certificar-se de que o veículo possui os equipamentos de segurança exigidos pelas autoridades de trânsito do país: um colete fluorescente e um triângulo.

Guia básico para visitar Moçambique – que moeda devo levar para Moçambique?

Quando fui à Moçambique, em Fevereiro de 2019, eu levei apenas Dólar e acho que foi a melhor opção. Existem várias casas de câmbio espalhadas por todas as cidades. Além das casas oficiais existem as paralelas e a maioria dos hotéis também fazem câmbio.

Câmbio em fevereiro de 2019

O câmbio em fevereiro no mercado paralelo estava na cotação de 1 dólar = 60 meticais.

Alguns valores em Moçambique para comparação de preços

Principais preços em Tofo
Principais preços em Tofo
  • Valor da Cerveja nacional Manica 500ml = 70 meticais;
  • Valor médio de uma refeição 350 meticais;
  • Valor da Heineken long neck 100 meticais.
Principais preços em Tofo
Principais preços em Tofo

A língua oficial é o Português, mas os Moçambicanos geralmente só aprendem o Português com 6 anos de idade, quando vão para a escola. No país há várias outras línguas e dialetos.

Não tive problema nenhum por causa da língua!

Escola em Vilanculos
Escola em Vilanculos

Guia básico para visitar Moçambique – o que são as famosas Chapas?

As chapas são uma espécie de Van, muito comum no transporte público de Moçambique.

Inclusive de Tofo (Maxixe) para Vilanculos eu fui de Chapa!

Assédio dos ambulantes nas chapas
Assédio dos ambulantes nas chapas

Foram 4 horas dentro de uma van praticamente sem se mexer um dedinho do pé! Pense na experiência?!

Guia básico para visitar Moçambique – as comidas são gostosas?

Veja aqui se eu amei muito ou bastante as comidas de Moçambique! rsss

matapa
Matapa

Eu amei as comidas de Moçambique. Em Maputo e em Vilanculos fui ao Mercado Central e provei várias frutas típicas do país. A que eu mais gostei foi a Massalah, parece um mousse de limão!!!

Massalah - fruta de Moçambique
Massalah – fruta de Moçambique

Delícia. E a Mapstiola, que seria uma mistura de ameixa com pêssego. Delícia também!!!

Mapstiola - Fruta de Moçambique
Mapstiola – Fruta de Moçambique

Um prato típico que eu provei e amei foi a Matapa. Sério, todas as vezes que no cardápio tinha Matapa eu pedia! Amei!!! Eles preparam tipo um caldo concentrado com folha de mandioca, coco fresco, amendoim, camarão seco e temperos…. sério, fica dos Deuses!!!

matapa prato típico
Matapa – Prato típico de Moçambique

Moçambique possui uma das melhores praias de surfe do mundo

A praia de Tofinho é considerada uma das melhores praias para os amantes do surfe, é comum a passagem de Swell’s ao longo do ano atraindo surfistas famosos do mundo inteiro!

Veja post de onde se hospedar na praia de Tofinho.

Veja post de onde se hospedar em Vilanculos.

Eu amei conhecer esse país que possui uma cultura riquíssima e com pessoas lindas por dentro e por fora! Aproveite cada minuto dessa experiência.

Espero que vocês tenham curtido esse “guia básico para quem deseja visitar Moçambique” !!! Qualquer dúvida só mandar mensagem!


Conte comigo!

Para roteiros personalizados, conte com o serviço de Roteiro Personalizado.

Preparo um roteiro Day by Day  baseado na minha experiência e de agências locais, com dicas de hotel, restaurantes e passeios.

Caso prefira montar sua viagem, ofereço o serviço de revisar seu roteiro e dar minha opinião do que é possível e do que não dá para fazer em cada um dos dias.   

Caso prefira montar toda a viagem sozinho, siga minhas dicas e reserve pelos links seguros que coloquei aqui no blog, com os melhores parceiros.

O Hora na Estrada faz parte de alguns programas de afiliados, isso significa que se você fizer sua reserva através dos links parceiros abaixo, ganho uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a se manter. 😉


HospedagemAluguel de CarrosSeguro Viagem |Internet Ilimitada


Bjs da Hora. 😉

2 Comments

Leave a Comment